O branco e o índio lança primeiro clipe


‘Nonato’ é o primeiro clipe da banda carioca de art-rock-pop-experimental-psicodélico 

‘Nonato’ é o primeiro clipe do cd Plantas Renováveis da banda de art-rock-pop-experimental-psicodélico carioca O branco e o indio.

O álbum, que está sendo tocado em rádios dos EUA, Inglaterra, Espanha, México, Argentina, Peru, África do Sul, Marrocos e Brasil, foi lançado no final do ano passado sem nenhum clipe porque a banda não queria que os ouvintes fossem influenciados por imagens ao escutar o som. 



A letra de ‘Nonato’, "Eu não sei o que dizer, eu não sei o que fazer” tem uma repetição espiral hipnótica com várias possibilidades de interpretação - artística, existencial, política... A música é inspirada numa improvável mistura da banda alemã de krautrock Neu! (pronuncia-se "Nói") com o gênio da música brasileira João Donato: daí o "Nonato".





O clipe-instalação-performance de ‘Nonato’ foi feito pela banda e é diretamente ligado à capa do disco Plantas Renováveis. Ambos são instalações feitas pelo artista visual, vocalista e guitarrista Flavio Abbes, que trabalha com fitas adesivas. No álbum, o objeto de envelopamento é o Pratotarra, instrumento criado pela banda durante a gravação. Já no clipe, filmado e editado pelo baterista Pedro Serra, o alvo do trabalho é o ator e baixista Roberto Souza. Dócil e inerte, ele é pacificamente envelopado e preso ao chão para só no final, após ser amordaçado e vendado, se rebelar e lutar pela sua liberdade.


Ouça as músicas da banda no Spotify e baixe no Bandcamp.