City and Colour revela “Astronaut”, 1º single em quase quatro anos


Canção fará parte do próximo disco do projeto, que sai em 2019 pela Still records 

City and Colour, projeto do aclamado cantor, compositor e artista Dallas Green, estreia hoje uma nova música, “Astronaut”. A canção foi produzida pelo vencedor de três Grammys Jacquire King (Kings Of Leon, Tom Waits, Modest Mouse, Norah Jones) e masterizada por Emily Lazar (Beck, Coldplay, Dolly Parton, The Chainsmokers), a primeira mulher a levar o Grammy por Melhor Engenharia de Som de um Álbum (2019). “Astronaut” é a primeira faixa inédita do City and Colour em quase quatro anos, e aparece no seu próximo e 6º álbum, que será lançado ainda em 2019 pela Still Records, selo que integra a Dine Alone Records.

“Eu sempre penso sobre como os relacionamentos da minha vida foram atingidos pelo que faço”, disse Green, se referindo à inspiração para a faixa. “Estou sempre longe, vagando por aí e cantando. Mas isso pesa para a minha família e para os meus amigos. Estou sempre pedindo ‘mais um ano’, apesar de ter saído de casa com 21 anos para tocar guitarra. É um comportamento solitário, mas eu sinto necessidade de estar na estrada. Eu sei que sou muito sortudo.”


O single acompanha o anúncio de uma turnê pela América do Norte, incluindo datas anteriormente divulgadas em festivais no Hemisfério Norte. Uma turnê por estádios canadenses começa na cidade de Victoria, no dia 8 de novembro, e termina na costa oposta do país, em Halifax, no dia 29 do mesmo mês. Cada ingresso comprado online para os shows no Canadá incluem uma cópia digital ou física do próximo disco. Os compradores receberão instruções por e-mail sobre como pegar este presente. Para os shows de abertura, o City and Colour convidou o cantor e compositor britânico (nascido na Nigéria) Jacob Banks, assinado pela Still Records, e o artista canadenseBen Rogers.

Os shows nos Estados Unidos começam em 9 de outubro e contam com duas noites em Nashville, São Francisco, Los Angeles, Boston e Nova York. Uma noite em cada cidade acontecerá em um teatro com a plateia sentada, com um show intimista de Green apresentando versões acústicas de músicas do seu premiado catálogo - algo que os fãs pedem há anos. A outra noite de cada cidade acontecerá em casas de show de rock, nas quais Green se apresentará com a banda completa. Os shows de abertura ficam por conta de Ben Rogers (nas performances solo) e da cantora e compositora Ruby Waters (ocasiões com banda completa). Com o objetivo de apresentar ao público artistas emergentes nos quais ele realmente acredita, o próprio Green escolheu Rogers e Ruby para a turnê.

Os ingressos para ambas as turnês começam a ser vendidos no dia 7 de junho. A pré-venda será iniciada no dia 4 de junho. Para mais informações, visite cityandcolour.com .

O City and Colour se juntou a PLUS1 em todos os shows norte-americanos. USD$1 de cada ingresso vendido no Canadá será doado para a MusiCounts e para a Indspire. USD$1 de cada ingresso vendido nos Estados Unidos será doado para a Crisis Text Line.



Sobre o City and Colour: 


O City and Colour é indiscutivelmente uma das maiores bandas do Canadá. Com cinco discos lançados, Green tem uma série de músicas adoradas por uma legião de fãs ao redor do mundo que acumulam 3 JUNOs, entre os quais estão 2 títulos como Compositor do Ano, além de 3 certificações duplas de platina, uma de platina simples e uma de ouro no Canadá. Além desses prêmios, Green tem cinco discos de platina como integrante do Alexisonfire. O mais recente LP dele, If I Should Go Before Youestreou em primeiro lugar nas paradas do Canadá, sendo o 3º álbum consecutivo do artista a alcançar essa posição.

O disco também teve grande repercussão internacional, alcançando a 16ª posição doBillboard 200 Chart nos Estados Unidos e a 5ª na Austrália, onde Little Hell teve certificação de ouro. Em 2014, Green trabalhou com a superstar Alecia Moore (P!nk) em um novo projeto chamado You+Me. O aclamado primeiro disco do duo, rose ave., estreou na 4ª posição do Top 200 Chart nos Estados Unidos, em 1º lugar no Canadá e em 2º na Austrália, culminando em apresentações inesquecíveis no The Ellen Show e no Jimmy Kimmel Live. Além de ter tido um grande sucesso comercial, If I Should Go Before You recebeu críticas notáveis da mídia internacional.


Sobre a Indspire


A Indspire é uma instituição indígena canadense que investe na educação da população indígena pensando nos benefícios a longo prazo dessas pessoas, suas famílias e comunidades. A Indspire tem como objetivo enriquecer o Canadá por meio da educação e da inspiração. Em parceria com a comunidade indígena, com investidores do setor público e privado, a Indspire educa, conecta e investe nos indígenas para que eles alcancem o seu mais alto potencial.

Sobre a PLUS1


A PLUS1 é uma iniciativa que canaliza a energia coletiva coloca em um show para empurrar a mudança social. Realizando parcerias com artistas, a PLUS1 arrecada milhões de dólares para organizações sem fins lucrativos de grande impacto focadas em acessibilidade, equidade e dignidade. O trabalho começa com USD $1 por ingresso que simplifica a arrecadação de fundos. E, para além deste dólar, a PLUS1 apoia artistas e educadores ao darem suporte às paixões e ao impacto que eles exercem no mundo. Até hoje, a PLUS1 arrecadou mais de USD$ 7 milhões, e serviu como ponto de conexão entre mais de 100 artistas, seus milhares de fãs e centenas de organizações que lutam para diminuir a injustiça social ao redor do mundo.

Sobre a MusiCounts


MusiCounts, instituição de educação musical do Canadá associada ao CARAS e à premiação JUNO, está mantendo a música viva no país ao colocar instrumentos nas mãos das crianças que mais precisam. A missão do MusiCounts é assegurar que a juventude canadense tenha acesso a programas musicais por meio das escolas e comunidades do país. A MusiCounts celebra a excelência musical e alcança seu objetivo pelo Band Aid Program, o MusicCounts TD Community Music Program, o MusiCounts Teacher of the Year Award, o MusiCounts Inspired Minds Ambassador Award, bolsas de estudos e iniciativas de educação musicais. A instituição é composta por pessoas, eventos e empresários dedicados à causa. Desde 1997, a MusiCounts ganhou cerca de USD $11.000 para a educação do musical do Canadá. Esses fundos beneficiaram mais de mil escolas e comunidades, mais de 350 programas de pós-graduação ligados à música. Para mais informações, visite o site: www.musicounts.ca.